LEIA-ME:

Abarcar o mundo ou abraçar o mar.

sábado, 28 de abril de 2007

Seja Bem-Vindo ao Mixomatosis: A Cidade-Porto dos Corações Vazios.


Esqueça as latas de refrigerante que engolem a calçada lá fora. Esqueça os bêbados sem alma e os padres sem sêmen. Entre no Teatro.
Atravesse a cortina vermelha e sente-se na poltrona com sua cor predileta. Estique as pernas e saboreie um sorvete quente. Coma, converse e entretenha-se até as luzes se apagarem. opa! Apagaram-se.

Agora faça silêncio:



(a cacofonia irrompe e a ópera começa - o escritor senta-se ao centro do palco, puxa sua pena de ponta prateada e rabisca as primeiras palavras - Deus morre e o universo é criado, a maçã de Eva apodrece em nosso estômago e nascem as cidades, nasce a Rainha, surge o pequeno Vilarejo onde sempre vivi, , eu morro, você nasce - e o escrito prossegue, atroz e certeiro, a ópera suicida da cidade-porto dos corações vazios)
(e a ópera não tem fim - embora o escritor, outrora jovem e entusiasmado, agora têm seus cabelos e barba já brancos, lhe caindo sobre o peito; sua pena ruma torta á derradeira linha, cansada, pré-sênil; enjaulado e faminto, sem família, sem mulheres e sem dinheiro, o escritor prossegue. Prossegue morrendo. Morrendo por todos nós.)

Goze, sorria e satisfaça-se ( afinal sua triste vida, sua lenta caminhada rumo à obesidade, à impotência e ao desagrado solitário jamais superará um só ato desta Ópera Suicida). Complete-se durante o espetáculo. Inveje o escritor quando jovem: por seu gigarro de fumaça espessa e por seu sorriso de canto de boca que provoca suspiro nas donzelas. Inveje-o quando velho: ainda que mal trajado - sem linho? que horror! - ele ainda conserva algo daquele olhar flamejante de outrora. Conspire sua morte com os demais espectadores. Espere o momento certo para cortá-lo, dividí-lo e devorá-lo ( e, posteriormente, defecá-lo no bidê).

(Oh! perdoe-me por esta longa intromissão senhor, não pretendia distraí-lo deste magnífico espetáculo com minhas tolas interpretações. Ignore minha presença. Ignore este pequeno mundo. Contemple a Ópera.)

3 comentários:

  1. Raoni, gostei do blog,mas teve um pequeno problema com a fonte que é quase impossivel ler,principalmente para um homen da minha idade...nem, gostei muito do perfil...ainda bem que voce manteve a postura e não escreveu como um asiático ou um latino fedorento!!!

    ResponderExcluir
  2. JaiaNa ou gorda não tanto qnt antes e nem menos do q gostaria...terça-feira, maio 01, 2007 6:27:00 PM

    Bravo! Bravo!
    adorei. Vamos começar a divulgação já...
    Bravo! Bravo!
    Salve a Rainha e me apresente depois.

    ResponderExcluir

DEUS SALVE A RAINHA!

Impresso na gráfica dos Judeus-Sem-Pênis.